UMA AGULHA NO PALHEIRO * J. D. Salinger 2003

SKU 10338 Categoria

Descrição

Uma Agulha no Palheiro J. D. SalingerTrad. Joäo Palma Ferreira AUTOR(ES): Salinger, J. D., 1919-2010; Ferreira, Jo;o Palma, 1931-1989, trad.PUBLICAÇ;O: Lisboa : Livros do Brasil, 2003DESCR. FiSICA: Br.; 235, [3] p. ; 22 cmCOLECÇ;O: Dois mundos ; 74NOTAS: Tit. orig.: The catcher in the ryeSinopse:" O livro conta as aventuras de Holden Caulfield, um rapaz de 16 anos, que ao ter de deixar o colégio interno que frequenta, mas receoso de enfrentar a furia dos pais, decide passar uns dias em Nova Iorque até começarem as férias de Natal e poder voltar para casa.Confuso, inseguro, incapaz de reconhecer a sua própria sensibilidade e fragilidade, Holden percorre nesses dias um intrincado labirinto de emoções e experiências, encontrando as mais diversas pessoas, como taxistas, freiras e prostitutas, e envolvendo-se em situações para as quais n;o está preparado."Uma Agulha no Palheiro" é contado na primeira pessoa. Ao fazer esta opç;o, Salinger introduz na literatura americana os recursos da oralidade, com a linguagem espontânea, o cal;o, os palavrões, o bord;o das repetições frequentes, o humor inconsciente, procedendo a uma verdadeira revoluç;o literária, que tornou o livro num clássico da literatura americana do pós-guerra.Publicada pela primeira vez em 1951, Uma Agulha no Palheiro é a mais marcante obra de J. D. Salinger, e uma das mais controversas da história da literatura norte-americana após a II Guerra Mundial. Foi constantemente censurada e banida das escolas, livrarias e bibliotecas dos EUA devido ao seu conteudo profano, à abordagem que faz do sexo e à forma como rejeita alguns dos ideais americanos.Criticas de imprensa:"Eu vejo Holden, a personagem principal, como um tipico adolescente, um pouco mais perspicaz que a maioria dos da sua idade. Vejo-o como alguém que tenta, com inocência, preservar a integridade do mundo, até que se apercebe que isso é impossivel. Assim, só lhe resta procurar a felicidade em lugares que nunca esperou poder fazê-lo para evitar a sua própria insanidade." Book Reviews"Ficamos n;o só cativados pelo ritmo vivo do discurso de Holden, como pela forma como Salinger desenvolve e cria, num acto de mestria literária, o verdadeiro herói americano." Chicago Tribune Books 

Views: 10

15

Produtos Relacionados

MotimEmJulho-2ed-A

MOTIM EM JULHO – Erskine Caldwell – 1963

20

OMeuPaisEOMundo

O MEU PAÍS E O MUNDO – Andrei D. Sakharov

20

UmDiaNaVidaDeIvanDenisovich

UM DIA NA VIDA DE IVAN DENISOVICH – Alexandre Soljenitsin

18

OMitoDeSisifo

O MITO DE SÍSIFO Albert Camus

20

GritoDeBatalha-LeonUris

GRITO DE BATALHA – Leon Uris

20

Adelaide-a

ADELAIDE Gobineau

10