AGORA LUANDA – Inês Gonçalves e Kiluanje Liberdade

SKU 9377 Categoria

Descrição

Agora Luanda

Textos de José Eduardo Agualusa e Delfim Sardo,

imagens de Inês Gonçalves e Kiluanje Liberdade

 1ª ediç;o,

 
Publicaç;o: [Coimbra] : Almedina, 2007

Capa Cartonada, 192 pags,Dimensões: 29 x 19 x 3 cm.Peso: 1.118 gr.

Notas:Estórias de homens, mulheres e crianças, dispostos a chegar ao lugar certo, ainda que seja por caminhos tortos.

Pessoas que querem a todo o custo endireitar caminhos.

Gente capaz, inclusive, de fabricar caminhos.

S;o, enfim, retratos de uma cidade que resiste, teimosamente, n;o obstante as carências de todo o género.

A Luanda que ri, e dança e festeja a vida, mesmo enquanto faz o luto. A Luanda que ama, que se apaixona e se entrega, n;o obstante o continuado abandono dos poderes publicos.

A Luanda que sabe (ou intui) que sexo é subvers;o, que sexo é revoluç;o, e que inventou o kuduro e a tarrachinha, depois de ter inventado o semba ou a kizomba.

A Luanda que está a dar uma nova alma à lingua portuguesa. Ouvindo (com o coraç;o) as estórias destas pessoas, já s;o outros, agora, estes retratos. Transmudam-se. E sim, s;o grandes quadros épicos; e sim, há poesia neles, a mesma harmonia rebelde das tempestades.Um território de sonhos, simultaneamente belo e perigoso, como um campo de minas coberto de girassóis.Sentem-se e escutem com atenç;o. Esta é a Luanda que, no fim, triunfará.

Agora LuandaTextos de José Eduardo Agualusa e Delfim Sardo, imagens de Inês Gonçalves e Kiluanje Liberdade1ª ediç;o, publicaç;o 2007, 192 pags, capa cartonada.Dimensões: 29 x 19 x 3 cm.Peso: 1.118 gr.Estórias de homens, mulheres e crianças, dispostos a chegar ao lugar certo, ainda que seja por caminhos tortos. Pessoas que querem a todo o custo endireitar caminhos. Gente capaz, inclusive, de fabricar caminhos. S;o, enfim, retratos de uma cidade que resiste, teimosamente, n;o obstante as carências de todo o género. A Luanda que ri, e dança e festeja a vida, mesmo enquanto faz o luto. A Luanda que ama, que se apaixona e se entrega, n;o obstante o continuado abandono dos poderes publicos. A Luanda que sabe (ou intui) que sexo é subvers;o, que sexo é revoluç;o, e que inventou o kuduro e a tarrachinha, depois de ter inventado o semba ou a kizomba. A Luanda que está a dar uma nova alma à lingua portuguesa. – See more at: http://loja.avidaportuguesa.com/pt/catalogo/vidaportuguesa/livraria/agora-luanda#sthash.tylHvdoM.dpuf

Agora LuandaTextos de José Eduardo Agualusa e Delfim Sardo, imagens de Inês Gonçalves e Kiluanje Liberdade1ª ediç;o, publicaç;o 2007, 192 pags, capa cartonada.Dimensões: 29 x 19 x 3 cm.Peso: 1.118 gr.Estórias de homens, mulheres e crianças, dispostos a chegar ao lugar certo, ainda que seja por caminhos tortos. Pessoas que querem a todo o custo endireitar caminhos. Gente capaz, inclusive, de fabricar caminhos. S;o, enfim, retratos de uma cidade que resiste, teimosamente, n;o obstante as carências de todo o género. A Luanda que ri, e dança e festeja a vida, mesmo enquanto faz o luto. A Luanda que ama, que se apaixona e se entrega, n;o obstante o continuado abandono dos poderes publicos. A Luanda que sabe (ou intui) que sexo é subvers;o, que sexo é revoluç;o, e que inventou o kuduro e a tarrachinha, depois de ter inventado o semba ou a kizomba. A Luanda que está a dar uma nova alma à lingua portuguesa. – See more at: http://loja.avidaportuguesa.com/pt/catalogo/vidaportuguesa/livraria/agora-luanda#sthash.tylHvdoM.dpuf

Views: 45

40

Produtos Relacionados

Angola-NGola-HistoriaDoBatalhaoDeCacadores109-1961-63

ANGOLA (N’GOLA) História Do Batalhão De Caçadores 109 (1961/63) Rogério Cardoso Teixeira

25

Angola1961-63-DiarioDeGuerra0001

ANGOLA 1961-63 DIÁRIO DE GUERRA Etelvino Da silva Batista

65

ColoniozacaoDosPlanaltosDeAngola

COLONIZAÇÃO DOS PLANALTOS DE ANGOLA – Subsidio para o Estudo do Problema da Emigração Nacional – Manuel da Costa Dias 1913

25

AngolaAProcuraDoSeuPasso-PoliticaInternac-N25

ANGOLA, À PROCURA DO SEU PASSO – Coord. Manuel Ennes Ferreira – 2002 – Ed. Especial da Politica Internacional

45

CartasDeAngola

CARTAS DE ANGOLA Gastão Souza Dias 1928

65

OLiceuNacionalSalvadorCorreia

O LICEU NACIONAL DE SALVADOR CORREIA Alberto Serpa Neves

40